terça-feira, 10 de maio de 2011

Espera


“Eu quero ser sua canção, eu quero ser seu tom, me esfregar na sua boca... O sabonete que te alisa embaixo do chuveiro, A toalha que desliza no seu corpo inteiro.
Eu quero ser seu travesseiro. E ter a noite inteira, pra te beijar durante o tempo que você dormir. Eu quero ser o sol que entra no seu quarto adentro, te acordar devagarinho, te fazer sorrir. Quero ser a coisa boa, liberada ou proibida...
Eu quero que você me dê o que você quiser... E além de todo esse carinho que você me faz, fico imaginando coisas, quero sempre mais.
Você é o doce que eu mais gosto, meu café completo, a bebida preferida, o prato predileto... Esse amor que alimenta minha fantasia, é meu sonho, minha festa, é minha alegria... A comida mais gostosa, o perfume e a bebida, tudo em minha vida.
O melhor é fazer desse amor, o que come, o que bebe, o que dá e recebe...Na justa medida.”
Roberto Carlos - Erasmo Carlos

 

Não sei o que acontece comigo, fico te esperando, te esperando e te esperando... É uma aflição, uma angustia, um tormento; parece que as horas não passam... E para que? Conversar contigo? Fingir que estou bem? Que nada mudou? ... Mas, meu sentimento mudou e por mais q eu tente usar a razão, meu coração grita com um grito que me sufoca e não sei, mas como contê-lo... Ajude-me, por favor! !! Deixe-me... Ou me possua...
A espera é minha... A escolha sua... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário