segunda-feira, 9 de maio de 2011

Desabafo...

Como pude deixar isto acontecer, parecia que tudo estava estabilizado, que existia certeza em tudo, era uma paz, um conforto, só existia um foco: ele. Tantos anos de convivência fez que nascesse uma certeza em mim, o amava, isso era tão perfeito como a matemática, era uma ciência exata.
Então surge 2011 e minhas certezas caem por chão, não sei como surgiu, não sei por que o espaço se criou, só sei que lá estava ele, o ‘meu vazio’ e eu já não estava completa, já não tinha certeza de mais nada. Na minha busca louca por preenchê-lo me entreguei a ‘o nada’, e esse nada me dominou loucamente, me perdi... E perdida me encontro.
Tão perdida ao ponto de cometer o mesmo erro, abro o meu coração vazio sem nem saber como o faço, e deixo-me ser levada por uma linda paixão que só existe na minha cabeça, que não tem a mínima chance de acontecer...
É te quero... E você sabe que é assim... Embora não possa nem deva dizê-lo, mas, é sim sobre você... É tudo sobre você... Cada frase, cada palavra... Por mais que eu tente disfarçar e sei que nem sei fazê-lo... É sobre você!!! ... Cada dia mais apaixonada...


Nenhum comentário:

Postar um comentário