domingo, 29 de maio de 2011

Desejo

 
Vontade... queimo por dentro, me derreto, me desfaço... o desejo é tão intenso que não posso mais ter forma, não caibo mais em mim, não posso ser mais eu...

"Eu não quero mandar. E me recuso a mandar. Quero viver obscuramente e ricamente minha feminilidade. Quero um homem deitando sobre mim, sempre sobre mim. Sua vontade, seu prazer, seu desejo, seu modo, sua sexualidade, o comando, meu pivô. Não me importo de trabalhar, me auto sustentar intelectualmente, artisticamente; mas como mulher, Oh, Deus, como mulher quero ser dominada! Não ligo se me dizem pra ser independente, andar com minhas próprias pernas, não me apegar a nada, mas eu vou ser caça, fodida, possuída pela vontade de um homem quando ele quiser e de acordo com suas ordens." Anais Nin.

Te amo

“Quando eu digo que deixei de te amar,
É porque eu te amo.
Quando eu digo que não quero mais você,
É porque eu te quero.
Eu tenho medo de te dar meu coração
E confessar que eu estou em tuas mãos,
Mas não posso imaginar
O que vai ser de mim
Se eu te perder um dia.
Eu me afasto e me defendo de você,
Mas depois me entrego.
Faço tipo, falo coisas que eu não sou,
Mas depois eu nego.
Mas a verdade
É que eu sou louco por você
E tenho medo de pensar em te perder.
Eu preciso aceitar que não dá mais
Pra separar as nossas vidas.
E nessa loucura de dizer que não te quero,
Vou negando as aparências,
Disfarçando as evidências,
Mas pra que viver fingindo
Se eu não posso enganar meu coração?
Eu sei que te amo!
Chega de mentiras,
De negar o meu desejo,
Eu te quero mais que tudo,
Eu preciso do seu beijo.
Eu entrego a minha vida
Pra você fazer o que quiser de mim.
Só quero ouvir você dizer que sim!
Diz que é verdade, que tem saudade,
Que ainda você pensa muito em mim.
Diz que é verdade, que tem saudade,
Que ainda você quer viver pra mim.”
J. Augusto


Tenho te sentido tão distante... é como se tudo estivesse escorrendo pelos meus dedos e eu não sei como segurar. Você diz que não é nada, não é nada... mas tem algo, eu sei eu sinto... se abre comigo, me diz o que estar te incomodando??? O que posso fazer ??? o problema é comigo???
Enquanto isso te espero... 

domingo, 22 de maio de 2011

Despedaçada...

 “Saudade, torrente de paixão,
emoção diferente,
Que aniquila a vida da gente;
uma dor que ou não sei de onde vem...
Deixaste meu coração vazio,
Deixaste a saudade,
Ao desprezares aquela amizade
Que nasceu ao chamar-te, "Meu bem"!
Nas cinzas, do meu sonho,
Um hino, então, componho,
sofrendo a desilusão
que me invade,
canção de amor...saudade.”
(Elano de Paula -Chocolate)

Idiota é assim que eu estou me sentindo agora... Hoje não vou medir palavras nem tentar escrever de forma agradável, jamais conseguiria... Porra eu acreditei, me entreguei, me joguei de corpo e alma nisto, e agora me ignoras... Puta merda!!! Nem uma palavra... Dói demais... Machuca muito... Se era pra ser, só o que foi, não precisava de tudo o que foi dito... Você queria, eu dava, tinha nada não, isso é o de menos... Você mexeu comigo, tocou fundo na minha alma e isso não se faz... Desprezo é isso que agora recebo de ti, como dói...  Como pude ter sido tão idiota, ingênua... É claro que seria assim é sempre assim!!!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Ainda não acredito...

“Deus te proteja pela onda de alegria que me invade todo dia
quando encontro com você
Deus te proteja pelo beijo de pecado, tão gostoso
e tão levado tão molhado de prazer...
Vem me seduzir, me confundir, me agradar, você é louca
eu sou mais louco que você
Vem brincar de fogo me queimar e se queimar, queimando juntos
a gente pode se acender
Eu não vou deixar de amar por medo de sofrer
se você quer me dar quero receber
Vinho proibido de uma safra especial que me embriaga,
me alucina e não faz mal...
Deus te proteja pela falta de respeito do meu corpo no teu leito
quando a gente faz amor...
Repete e fala essas loucuras sem sentido bem baixinho em meu ouvido
me dá mais que eu quero sim...”
Wando

Cada vez mais te quero

Esta postagem é muito especial para mim. Ela é o resultado da realização de um grande desejo, e deveria demonstrar a minha grande satisfação. Mas justo hoje estar muito difícil escrever, não sei se é o cansaço... Esse cansaço gostoso de quem se entregou completamente... Ou se é por não me faltar nada estou completa, realizada, feliz... Tão feliz ao ponto de estar vazia de idéias e anseios. Nossa e como falar de felicidade é complicado...
A minha vontade é sair contando para todo mundo como ele me faz bem, de como é bom estar com ele, de como ele me segura, me beija, me toca, me tira do serio... De como foi maravilhoso olhar o seu rosto enquanto sentia seu gosto, e de senti-lo me invadindo, tomando posse do que já há muito era dele... De detalhar cada olhar, cada suspiro, cada sensação... De como é bom sentir em cada pedacinho do meu corpo a lembrança dele...  De como eu estou desesperadamente apaixonada por ele...
Ai como é bom estar deliciosamente satisfeita, repleta, e ainda assim sentir queimar em mim um desejo permanente de me entregar e ser cada vez mais sua... Ai meu Lord... Vem me devora, me faz sentir tudo novamente...

domingo, 15 de maio de 2011

Vontade

Que vontade é esta que dar e não passa? Que me consome o juízo e me deixa desesperada pra te tocar? Por que o tempo demora tanto a passar e meu coração parece que vai parar de tão forte que bate? Essa vontade dói demais! Machuca demais... Estou aflita, angustiada... Venha me acalmar, me acalentar, preciso de você...

terça-feira, 10 de maio de 2011

Confusa...


Hoje foi um dia particularmente difícil, não porque tenham surgido problemas ou porque as coisas não tenham fluido bem, muito pelo contrario, o dia foi mais tranqüilo do que o normal, no trabalho, em casa, ate mesmo na faculdade com a lembrança ainda da prova maravilhosa de calculo... O problema estar em mim, bem dentro... Intrínseco na minha alma... Sinto-me mal... Sinto-me mentindo pra aquele que eu quero ao não dizê-lo o quanto eu o quero.
Isso me tortura... Dizer? Não dizer? Deixar pra lá... Não isso eu não consigo... mas se eu disser posso perder até mesmo o contato com ele... Mas, não dizer implica neste tormento sem fim...

Espera


“Eu quero ser sua canção, eu quero ser seu tom, me esfregar na sua boca... O sabonete que te alisa embaixo do chuveiro, A toalha que desliza no seu corpo inteiro.
Eu quero ser seu travesseiro. E ter a noite inteira, pra te beijar durante o tempo que você dormir. Eu quero ser o sol que entra no seu quarto adentro, te acordar devagarinho, te fazer sorrir. Quero ser a coisa boa, liberada ou proibida...
Eu quero que você me dê o que você quiser... E além de todo esse carinho que você me faz, fico imaginando coisas, quero sempre mais.
Você é o doce que eu mais gosto, meu café completo, a bebida preferida, o prato predileto... Esse amor que alimenta minha fantasia, é meu sonho, minha festa, é minha alegria... A comida mais gostosa, o perfume e a bebida, tudo em minha vida.
O melhor é fazer desse amor, o que come, o que bebe, o que dá e recebe...Na justa medida.”
Roberto Carlos - Erasmo Carlos

 

Não sei o que acontece comigo, fico te esperando, te esperando e te esperando... É uma aflição, uma angustia, um tormento; parece que as horas não passam... E para que? Conversar contigo? Fingir que estou bem? Que nada mudou? ... Mas, meu sentimento mudou e por mais q eu tente usar a razão, meu coração grita com um grito que me sufoca e não sei, mas como contê-lo... Ajude-me, por favor! !! Deixe-me... Ou me possua...
A espera é minha... A escolha sua... 

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Desabafo...

Como pude deixar isto acontecer, parecia que tudo estava estabilizado, que existia certeza em tudo, era uma paz, um conforto, só existia um foco: ele. Tantos anos de convivência fez que nascesse uma certeza em mim, o amava, isso era tão perfeito como a matemática, era uma ciência exata.
Então surge 2011 e minhas certezas caem por chão, não sei como surgiu, não sei por que o espaço se criou, só sei que lá estava ele, o ‘meu vazio’ e eu já não estava completa, já não tinha certeza de mais nada. Na minha busca louca por preenchê-lo me entreguei a ‘o nada’, e esse nada me dominou loucamente, me perdi... E perdida me encontro.
Tão perdida ao ponto de cometer o mesmo erro, abro o meu coração vazio sem nem saber como o faço, e deixo-me ser levada por uma linda paixão que só existe na minha cabeça, que não tem a mínima chance de acontecer...
É te quero... E você sabe que é assim... Embora não possa nem deva dizê-lo, mas, é sim sobre você... É tudo sobre você... Cada frase, cada palavra... Por mais que eu tente disfarçar e sei que nem sei fazê-lo... É sobre você!!! ... Cada dia mais apaixonada...


segunda-feira, 2 de maio de 2011

Meu sonho

“Eu já tirei a tua roupa
Nesses pensamentos meus
Já criei mil fantasias
De desejo e de prazer
Eu já troquei a tua pele
Já senti as tuas mãos
Já beijei a tua boca
Já senti teu coração
Só não tenho teus carinhos
Só não tenho teu querer
Você é dessas loucuras
Que eu não posso esquecer
Com você posso tudo
Com você quero pecar
Com você eu vejo estrelas
Vejo o sol e o luar
Deixo tudo só pra ter
Uma noite com você
Eu te quero em minha cama
Amassando os meus lençóis
Me pedindo tanto amor
Dividindo sensações
Na verdade são delírios
Que invadem o meu ser
Eu me sonho no teu corpo
E não posso me conter
Qualquer dia abro os olhos
E como mágica vou ter
As esquinas do teu corpo
Deslizando em meu prazer
Teus cabelos espalhados
No meu corpo teu suor
Tua voz tão mansa e rouca
Me pedindo pra ficar
Deixo tudo só pra ter
Uma noite com você”
wando
Mais uma vez me utilizando das palavras alheias pra expressar o que se passa dentro da minha cabeça, e poderia utilizar muito mais... porque acho que na realidade  só quero dizer “dona da minha cabeça, quero tanto te ver chegar...” ou “deixa eu dizer que te amo...” ou “seus labios são labirintos, que atraem meus instintos mais sacanas...”e assim sucessivamente, nunha sucessão sem fim de musicas que demonstram o que eu não sei dizer. Que revelam a nescessidade imensa de ser sua posse, de ter o teu amor...